Blog que retrata os acontecimentos do mar e porto de Viana e arredores, nos bons e maus momentos, dos pequenos aos grandes senhores.

02
Jun 07

 

AS RECORDAÇÕES DA PESCA DO BACALHAU À LINHA

 

 

 

QUADRO

PREPARANDO O DÓRI

Óleo s/tela - 58X41

2004-04-01

 

Na pesca à linha os dóris eram a ferramenta essencial, por isso o pescador tinha um cuidado especial na preparação do seu  barco apetrechando-o à sua maneira, segundo os seus hábitos, não podendo adulterar as formas, iguais em todos eles, para poderem ser empilhados a bordo.

 

.

 

QUADRO 22

REMANDO P'RA BORDO

Óleo S/Tela - 58X38

2004-04-01

 

A vida do pescador à linha era dura, obrigando-o a um grande esforço e desgaste quer na pesca durante o dia inteiro quer remando o seu bote para o largo ou para bordo.

Andei na pesca à linha no último ano da sua existência (1974). Nessa altura o pescador pouco remava, porque usava um motor a gasolina que lhe permitia afastar-se ou aproximar-se do navio-mãe sem o esforço que era exigido aos pescadores de antanho.

 

 

 

QUADRO 26

PESCANDO O FIEL AMIGO

Óleo S/tela - 40X60

2004-09-22

 

Cada pescador ficava entregue a si próprio no meio do mar, contando com a sua perícia, experiência, arte e a sua sorte...durante o dia inteiro. Largava as linhas (trol) e enquanto lhes dava tempo de pesca, ia zagaiando ritmadamente a linha de mão (zagaia) com as mãos calejadas de tanto alar e arriar as linhas de pesca, na tentativa de apanhar o fiel amigo (bacalhau).

 

 

 

QUADRO 27

ESCALA DO BACALHAU

Óleo s/tela - 100X80

2004-09-23

 

Depois de recolhidos os dóris e do jantar seguia-se a escala do bacalhau, que consistia em várias operações: - trote, partir cabeças, escala e salga do peixe no porão. Dependendo da quantidade de peixe a processar, a escala estendia-se normalmente até perto da meia noite,  quando terminava antes era mau sinal, o peixe tinha sido pouco; se ia para além da meia noite era bom sinal, a pesca tinha sido boa. Em qualquer dos casos, restava pouco tempo para descansar, porque no dia seguinte os "louvados" (levantar) eram às seis e esperava-os um dia árduo no pequeno bote ao sabor do mar e do tempo.

publicado por dolphin às 23:53
tags:

nmsdihfoiwefhniwn
dolphin a 9 de Julho de 2007 às 16:33

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9


19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Contador
mais sobre mim
pesquisar
 
pour générerller dans votre page web.
TIME
blogs SAPO