Blog que retrata os acontecimentos do mar e porto de Viana e arredores, nos bons e maus momentos, dos pequenos aos grandes senhores.

28
Fev 07

 Assistimos diáriamente ao fenómeno mediático que os protagonistas desta espécie de telenovela das comunicações nos banqueteiam todos os dias.

Cada um à sua maneira vai dourando a pílula oferecendo aos accionistas melhores condições no sentido de vencer a contenda. Os accionistas só teêm a beneficiar com esta luta de interesses. E os consumidores, os utentes dos serviços, que benefícios terão? Nenhuns, pelo contrário, são eles que vão pagar o aumento das acções e a distribuição de dividendos que quer uns quer outros propoem pagar aos accionistas.

Quem defende os consumidores? Ninguém. O governo, através do organismo moderador e regulador, nada fez para os proteger.

Quando a peleja terminar, os contendores vencedores vão ter de arranjar dinheiro para pagar  as benesses entretanto oferecidas (aumento de accões, distribuição de dividendos) aos accionistas( os grandes beneficiários).

Quem paga estes aumentos? O consumidor!

E assim vivemos, sem ninguém que nos defenda, neste mundo dos poderosos, do que eu chamo dos donos do mundo! 

 

publicado por dolphin às 20:08

27
Fev 07

Quando em Junho do ano passado me desloquei à Feira do Livro do Porto no Palácio de Cristal, para assistir ao lançamento do livro - Cristovão Colon (Colombo) era Português - estava longe de imaginar que passado tão pouco tempo, alguém tivesse mostrado interesse pela divulgação desse livro, passando-o para o cinema.

Não é que o livro não tivesse valor, pelo contrário, é um dos livros históricos mais importantes e que devia ser divulgado para conhecimento de todos os portugueses. Porém, pese embora os esforços feitos pelo dr . Luciano da Silva e sua esposa dra.Lidia Jorge, ao longo dos tempos, na defesa da descoberta da América pelos portugueses, ainda não obtiveram recepção por parte daqueles (historiadores, políticos, investigadores, etc.) que deviam reconhecer que a investigação feita por estes dois portugueses ao longo de quase 50 anos era merecedora de maior atenção e divulgação. Só por isso  a minha surpresa. Ainda bem que alguém tem o bom censo de pegar em argumento tão válido e que, estou certo, vai fazer muito sucesso.

Agora estou crente que brevemente vai ser reconhecido o trabalho de investigação e divulgação do nome de Portugal, feito pelo dr . Manuel Luciano da Silva e sua esposa Dra. Lídia Jorge da Silva.

 

publicado por dolphin às 14:41
tags:

Conheci o Dr. Manuel Luciano da Silva (meu conterrâneo), quando tinha 10 anos e frequentava o Externato Cambrense. O Dr. Luciano veio ao velhinho cinema de Vale de Cambra, a funcionar no r/c da Pensão Cambrense, onde hoje está instalada uma oficina de electricidade automóvel, para apresentar um pequeno filme (documentário) sobre a Pedra de Dighton e a defesa da tese que foram os portugueses Corte Reais ( Gaspar e Miguel), os primeiros a chegar à América cerca de 1511.

Hoje, quando recebi o jornal " A Voz de Cambra", deparei com o nome do cineasta Manuel de Oliveira que muito respeito e admiro, associado ao dr. Manuel Luciano da Silva por quem igualmente tenho grande admiração e estima. De imediato me veio à mente este pensamento - finalmente fez-se justiça ao grande homem que lá longe e ao longo de quase 50 anos tem defendido a terra lusa. Finalmente, um grande Homem,( Manuel de Oliveira) reconhece a obra de outro grande Homem (Manuel Luciano) a ponto de a divulgar em filme.

Este é um exemplo a seguir por aqueles que cá dentro ou lá fora teêm possibilidade de divulgar a obra e o valor dos seus conterrâneos, imortalizando-os, porque eles são os grandes heróis do nosso tempo, como o foram noutros tempos os Gamas, Cabrais, Colombos, Corte Reais ...

publicado por dolphin às 14:04
tags:

26
Fev 07

Fico indignado quando me esqueço de alguma coisa, por mais insignificante que seja. Jamais soube lidar com esta situação. Não me perdoo falhar, culpo-me e não tolero as minhas faltas. Sou muito exigente comigo mesmo  e com os outros. Admito que é um defeito de carácter que tenho de trabalhar. Sou perfeccionista nato, como tal, ajo  instintivamente perante as situações.

Com o tempo, melhor dizendo, com a idade, os esquecimentos vão-se tornando cada vez mais frequentes. A memória vai falhando e é preciso rotinar mais as situações para não haver esquecimentos.

Hoje tive mais um esquecimento sem importância mas que me deixou aborrecido por tão sem jeito. Perdi a touca de banho antes de ir para a piscina. Equipei-me para o ginásio e deixei a touca de fora do saco para não ter de abrir novamente o cacifo. Entretanto fui ao WC e daí para o ginásio e não mais me lembrei da touca. Quando precisei dela, procurei-a por todo lado sem a ter encontrado.

Resultado, não pude nadar os vinte minutos habituais na piscina, que me dão imenso prazer e me relaxam para o resto do dia.     

publicado por dolphin às 22:37

25
Fev 07

Os domingos foram sempre para mim dias enfadonhos que custam a passar e em que não há nada para fazer. Já em criança tinha esta sensação de um dia triste, melancólico, aborrecido e ansiava pela segunda-feira. Ao longo da minha vida esta sensação persistiu e ainda permanece. É algo que não sei explicar. Quando namorava com a minha mulher, era habitual nesse tempo, os pares de namorados irem passear para o jardim ou namorarem à porta de casa da namorada. Para mim era um martírio e um dia disse , à que hoje é minha mulher que não gostava de namorar ao domingo, ela ficou muito triste e quase terminamos o namoro.

Como de costume não aconteceu nada de especial. Levantei-me relativamente cedo, cerca das 08.30 horas, fui ao ginásio, comprei o jornal  e fui para a esplanada do café onde habitualmente me encontro com os amigos, junto à beira mar na Praia Norte, passar os olhos pelas "gordas", porque não posso ler os desenvolvimentos em letra pequena devido ter há cerca de um mês efectuado um intervenção cirúrgica para eliminar uma catarata da vista esquerda  e ainda não tenho correcção para ler ao perto.

O dia está agradável em termos de temperatura o que já não acontecia há bastante tempo.

publicado por dolphin às 17:12

24
Fev 07

(Continuação)

Falei algumas vezes com o Capitão Valdemar sem que nos conhecêssemos . Isto acontecia com muitos de nós, capitães, imediatos, pilotos e telegrafistas especialmente, porque tínhamos comunicações entre nós e raramente nos encontrávamos em terra. Há histórias interessantes a esse respeito vividas por homens do mar que só vieram a conhecer-se depois que abandonaram a profissão. Este é um caso desses. Se o Capitão Valdemar não tivesse escrito este livro e não tivesse vindo a Viana fazer o lançamento, não sei se alguma vez nos chegaríamos a conhecer.

Interessante foi também o facto de termos histórias semelhantes a contar por ocasião do 25 de Abril, cada um à sua maneira, mas que estávamos ambos no mar  e a bordo de navios bacalhoeiros quando se deu esse acontecimento marcante na vida de todos nós. A marca que deixou nas nossas vidas, a forma como cada um o viveu são outras histórias interessantes e desconhecidas.

Só por isso valeu a pena ter ido ao lançamento do livro ao "Gil Eanes".

publicado por dolphin às 16:30
tags:

Fui honrar o convite que a CMVC me fez para o lançamento da 2.ª edição do livro, com título em epígrafe, do Capitão Valdemar Cravo da Cruz Aveiro que teve lugar a bordo do navio-museu " Gil Eanes", atracado no topo Leste da doca de flutuação do Porto de Viana do Castelo.

A possibilidade de estar com o autor e demais pessoas ligadas ao meio marítimo em que me insiro e no qual vivi longos anos, é , à partida, motivo mais que suficiente para não desperdiçar uma oportunidade tão envolvente.

O capitão Valdemar é um nome sobejamente conhecido no meio bacalhoeiro, pelo seu perfil, pelo seu carácter, pela sua atitude, pelo seu sucesso e pelo seu humanismo. Estes atributos só por si dizem tudo do homem que passou 35 longos anos da sua vida na pesca do arrasto do bacalhau e disso dá testemunho neste livro que hoje lança em segunda edição.

Em 1970 fui pela primeira vez à pesca do bacalhau, como piloto do arrastão de popa "Lutador", propriedade da extinta Empresa de Pesca de Lavadores em que o Capitão Ferreira da Silva era sócio-gerente.                                                                                                                               ( continua)

publicado por dolphin às 16:06
tags:

23
Fev 07

Nos últimos tempos a minha rua está um caos. Nem a polícia consegue controlar o barulho.-Então porquê? -É que abriu um restaurante cuja especialidade é feijoada.

-Ah! Ah! Ah!

---------------------------------------------------

Um amigo meu foi passar férias a Benidorm. Quando regressou encontrei-me com ele e perguntei-lhe: - Então como correram as férias? - Não podiam ser melhores, vê lá tu que antes de ir para férias o oftalmologista aconselhou-me a fazer uma operação à vista, mas agora já não é preciso. - Como assim, perguntei incrédulo? - Em Benidorm limpei a vista!

-Ah! Ah! Ah!

publicado por dolphin às 19:22

A propósito do convite que a Câmara Municipal de Viana do Castelo me endereçou, ocorreu-me que também fiz parte da Comissão Especial Pró Gil Eanes. Era na altura Chefe do Departamento de Pilotagem do Porto de Viana do Castelo e, nessa qualidade, fui chamado a participar nessa comissão que tinha como objectivo prioritário salvar o Gil Eanes de ser desmantelado para sucata.

Essa comissão era constituída por representantes de várias instituições locais. Dentre elas destaco a Câmara Municipal que liderou o processo desde o início e à qual se deve em grande parte a estratégia do salvamento do Gil Eanes. Foi grande obreiro o presidente da Câmara dr . Defensor Moura que desde o primeiro momento abraçou esta causa com entusiasmo e persistência.

Ao recordar esta minha passagem pela comissão, vem-me à memória um acontecimento trágico que me aconteceu nessa altura. Fui vítima de um acidente de viação  na zona de Modivas , após as bombas da Galp, quando regressava a Viana do Castelo depois de ter deixado no aeroporto Francisco Sá Carneiro o Presidente e o vogal do INPP .

Fiquei em estado de choque e fui transportado ao Hospital de São João no Porto onde fui internado em estado grave.

publicado por dolphin às 18:31

22
Fev 07

today i learn to built my first blog. its very interesting and i espect it will be important for me and for the others .

hoje aprendi a construir o meu primeiro blog. é muito interessante e espero seja importante para mim e para os outros.

recebi um convite da CMVC para a apresentação do livro do meu colega, Capitão Valdemar Aveiro, " Histórias Desconhecidas dos Grandes Trabalhadores do Mar", que terá lugar a bordo do antigo navio hospital " Gil Eanes", no dia 24-02-2007 pelas 11.00 horas.

 

publicado por dolphin às 15:58

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21



subscrever feeds
Contador
mais sobre mim
pesquisar
 
pour générerller dans votre page web.
TIME
blogs SAPO