Blog que retrata os acontecimentos do mar e porto de Viana e arredores, nos bons e maus momentos, dos pequenos aos grandes senhores.

23
Mar 10

Tal como referi no prólogo do n.º 1, a história de naufrágios não vai ficar limitada aos factos ocorridos únicamente no mar de Viana, mas a outros que pela sua dimensão e catástrofe ficaram perpetuados na memória por muitos anos.

Desta vez, e para manter uma ordem cronológica, vou-vos descrever o que aconteceu na Ilha do Faial com um grande temporal em 1858.

 

2 - TEMPORAL NO FAIAL

Encontravam-se surtos no porto da Horta cerca de 16 embarcações de vários tipos, lugres, iates, escunas, brigues, barcas.

Durante o intenso temporal que assolou a ilha, nove deles não resistiram e sete conseguiram aguentar-se, apesar dos grandes estragos causados pela intempérie.

Os navios que se perderam foram:

Lugre Americano  PATHFINDER com 11 tripulantes que foram salvos por cabos lançados de cima da muralha para o navio. O valor estimado do navio era de 20.000 pesos e a carga de 6.000.

Iate Português  JUPITER conseguiu salvar-se a tripulação   composta por nove pessoas, não tinha carga a bordo e o navio foi avaliado em 5.000$000 reis.

Escuna Portuguesa NEREIDA, a tripulação foi salva a muito custo. O valor do navio com todos os pertences foi calculado em 7.000 reis. A carga não era significativa, apenas existia a bordo uma pequena quantidade de pedra de cal vinda de Lisboa.

Escuna Inglesa LADY ANA, os oito tripulantes foram salvos, porém o navio e a carga perderam-se. Calculou-se que o valor do navio rondaria os 2.800$000 reis.

Brigue Francês ALLAH KÉRIM. Infelizmente faleceram dois elementos da tripulação tendo-se salvo os restantes seis. A razão das mortes foi em consequência de se ter virado o bote em que tinham saltado O Navio estava seguro em 16.000 francos e não tinha carga a bordo.

Escuna Inglesa KING ALFRED. Graças ao vapor S. Jorge que lhe mandou um bote, foi possível aos 8 tripulantes salvarem-se. O navio estava seguro em 700 libras, tendo-se perdido cerca de 135 toneladas de carvão.

MARGARIDA LEONOR ,foi outra embarcação que naufragou, tendo-se salvo toda a tripulação e parte da carga composta de pipas de vinho e sacos de café.

Barca Americana NORTHSEA. Pressupoe-se que a tripulação tenha sido toda salva, uma vez que a notícia nada refere. Sómente é feita referência ao valor do navio 36.000$000 reis e à carga composta de  trigo, pau campeche e aduela que foi calculada em 16 e 17 contos de reis. Pela natureza da carga depreende-se que seria proveniente de Nova Orleães, porto donde era habitual a importação deste tipo de carga.

WILLIAM MORGAN DAVIES foi outro navio que naufragou. Salvou-se a tripulação com excepção de um homem. O navio estava em lastro e o seu valor estimado era de 1400 libras.

 

Fontes: A Aurora do Lima: 05-03-1858

Viana do Castelo

Manuel de Oliveira Martins

 

publicado por dolphin às 19:20

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
24
26

31


Contador
mais sobre mim
pesquisar
 
pour générerller dans votre page web.
TIME
blogs SAPO